Testemunhos marcam o retorno do Celebrando a Vida na IBBR

No último final de semana realizamos mais um Celebrando a Vida para homens. As expectativas foram superadas e pudemos presenciar um retorno empolgante com 24 participantes e 30 homens na equipe de trabalho.

13847232754_f45640abeb_z
Anderson pediu Dolores em casamento na chegada do CV.  A igreja se alegra junto com o casal.

Durante a celebração da noite de domingo (13) todos voltaram para a IBBR e puderam compartilhar com a igreja sobre os dias que tiveram no Recanto Manós. Participantes e equipe testemunharam o que Deus fez na vida deles. Entre estes testemunhos, foi feito um pedido de casamento, Anderson pode falar sobre sua experiência com Deus nestes dias e pediu Dolores em casamento, ela disse “sim!”

Abaixo você lê uma poesia escrita por Isaías Oliveira, sobre o Celebrando a Vida para homens 2014.

A montanha. Aqui tudo é silêncio, exceto pelo sussurrar do vento. A visão alcança longe, mas o quadro total, embora belo, faz das coisas isoladas imagens indistintas. A solidão envolve com seu abraço delicado, trazendo à mente uma sensação esquecida. É uma memória de outros tempos, de quando não havia tantas coisas obstruindo a visão. Tantos bibelôs agitados pela eterna algazarra de tudo o que não pode satisfazer um coração sedento. 

Na montanha, a mente recupera sua clareza e o pensamento flui numa direção superior. Não há mais tantas vozes e tantos gritos, nem luzes de neon sobre os olhos. E os olhos…dos olhos um fluxo de lágrimas leva em suas correntes uma porção de coisas que não deveriam estar lá…lá onde a fonte do coração aguarda que as águas desçam de cima, da distante morada.

Os andrajos escorregam do corpo e a luz, como uma nova veste, o envolve num abraço gentil. Longe, o fogo queima e os ventos arrasam a terra. Terremotos abrem no solo enormes valas, a sepultura comum das multidões esquecidas. Mas aqui uma voz suave, emoldurada naquele sussurrar melódico, comunica ao coração ansioso suas verdades eternas.

E então, no alto daquela montanha, onde tantos homens e mulheres recuperaram sua vida, o Eterno envolve a alma num abraço que a leva além do que sua mente poderia conceber.

A montanha é um portal encimado por uma cruz, onde uma placa pendurada descreve tudo o que não somos mais, e o limiar indica o que seremos para todo o sempre. 

É hora de entrar…

1962218_241828529337767_5054702484876304493_o

Confira todas as fotos AQUI.