2016 outubro

IBBR comemora 36 anos com participações especiais

Posted by | Estudos e devocionais | No Comments

Mais um ano se passou e aqui estamos nós. Queremos comemorar nossa caminhada de 36 anos! Agradecemos a Deus por nos permitir levar pessoas a conhecê-lo, amando seu próximo e servindo nossa geração.

Estamos muito felizes por nossa caminhada em comunidade!

Você é nosso convidado especial para essa festa! Nos dia 5 e 6 de novembro realizaremos celebrações comemorativas. Confira o convite abaixo:POST 36 anos

Dr. Paulo Cezario, membro da IBBR, dá dicas sobre o controle do câncer de mama

Posted by | Estudos e devocionais | No Comments

postagem 9 -01

Na década de 1990, nasceu o movimento conhecido como Outubro Rosa, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama.

É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

- Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
- Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
- Alterações no bico do peito (mamilo);
- Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
- Saída espontânea de líquido dos mamilos

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:

- Praticar atividade física regularmente;
- Alimentar-se de forma saudável;
- Manter o peso corporal adequado;
- Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
- Amamentar

Quer saber mais? Estamos aqui para ajudá-lo e atendê-lo da melhor forma. + INFORMAÇÕES | WhatsApp – (41) 9911-8384 ou pelo e-mail: dr.paulojcezario@gmail.com .

Muito prazer, esta é nossa igreja!

Posted by | Blog do Osmar, Estudos e devocionais, Pra você | No Comments

capa do face

 Levar pessoas a conhecer a Deus, amar ao próximo e servir nossa geração.

 “até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.” Efésios 4:13

Esta série de mensagens nos ajudará a perceber a importância da nossa missão como igreja local. Desejamos ser simples no processo de conduzir pessoas a conhecer a Deus, amar o próximo e servir nossa geração, a isto chamamos de discipulado.

Encorajamos cada discipulado a frenquentar semanalmente a uma celebração, a uma célula e engajar-se num ministério.

Neste post você pode conferir um resumo da três primeiras mensagens da série. Em breve divulgaremos o restante!

Deus o abençoe!

1

Gênesis 22.1 a 7

  • Abraão conheceu a Deus de seus pais, não apenas com informação, mas se relacionando com ele, pois Deus não é algo, é alguém.
  1. Quem é Deus para você? Deus de Abraão, Deus de Isaque e Deus de Jacó, cada um recebeu uma revelação do mesmo Deus.
  2. Relacionamento pessoal, cada um tem sua própria jornada. Abraão já sabia que Deus podia todas as coisas, por isto ele obedece tão prontamente.
  3. Deus é todo poder, mas quis ser conhecido por seu todo amor.

Deus apresenta uma figura de Jesus na propiciação de um carneiro para o sacrifício é assim a vida de Isaque foi poupada. Abraão conheceu a graça de Deus revelada em Jesus.

2

Genesis 22.5

  • Abraão toma uma decisão pessoal,  mas aquele momento era íntimo demais para ter plateia.
  1. Responsabilidade pessoal. Isto não significa solidão, mas solitude. Desejar estar sozinho com Deus. E Dele receber ordens suficiente para permanecer fiel. O que Deus está dizendo apenas a você?
  2. Total transparência. Na intimidade nossas máscaras não fazem sentido algum. Jesus foi ao limite de sua humanidade sozinho no Getsêmani. Foi admitindo suas limitações que venceu a morte e o Diabo.
  3. Amizade divina. Ja percebeu que quem é amigo de Deus parece que sabe mais do que os outros? Isso é verdade: Salmo 25.14

Leia a Bíblia e faça oração se quiser crescer.

3

Mateus 16

- Depois de Pedro receber a revelação da pessoa de Deus em Cristo, Jesus promete edificar sua igreja.

1. Conectar pessoas. Necessitamos de pessoas assim como necessitamos de Deus. Mas como numa família, relacionamentos não são sempre fáceis. Estar disposto a receber em sua convivência alguém diferente é a primeira forma de amar alguém.

2. Ensinar. Não confundamos com acúmulo de informação, mas sim formação do caráter de Cristo em nós. O modelo de Cristo é vida na vida, aprendizagem por discipulado. Todos crescem juntos até a altura de Jesus.

Desafios:

  1. Conectar-se a um grupo de pessoas.
  2. Permitir que outros se conectem a  você.
  3. Deixar-se ensinar.

Ser modelo de Cristo aos outros.